Menu

domingo, 21 de outubro de 2018

Novo presidente da FPF diz que 75% dos escândalos no órgão ainda não foram revelados

28-junho-2018 Esporte

Nosman Barreto, novo presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), tomou posse nesta quinta-feira (28) e já promete mudanças estruturais no órgão. Ele ressaltou em entrevista ao ClickPB que foi o precursor das denúncias que culminaram no afastamento de Amadeu Rodrigues da presidência.

“O que foi apurado até agora, creio que chegue a 25% de tudo o que existe. Vai continuar todo esse trabalho, a Federação vai estar com as portas abertas nesse sentido”, destacou o novo presidente da FPF referindo-se às investigações policiais. Nosman aponta que 75% de todas as fraudes da FPF ainda serão evidenciadas.

Dentre as irregularidades constatadas na Federação, Nosman aponta que a principal é a manipulação dos resultados de partidas de futebol envolvendo até mesmo a compra de resultados e combinação com árbitros. “Ninguém sabe quem é campeão, quem não foi, quem sobe pra Série C. Essa prejudicou muito o paraibano”, comentou o presidente.

 

Além disso, ele enumera ainda alguns prejuízos à própria Federação Paraibana de Futebol levados pela antiga gestão. Nosman afirmou que tem denunciado desde o começo o “desvio de recursos, de verbas, falsificação de borderôs. Tem muita coisa que a polícia, juntamente com o Ministério Público está sendo investigado e acredito que vá aparecer mais coisas”.

Após tomar posse na presidência da Federação Paraibana de Futebol, Nosman promete as primeiras providências. Uma delas é a renovação dos funcionários. Ele acredita que irá substituir mais de 80% dos funcionários que trabalham atualmente na FPF. “A Federação hoje tem o seu corpo efetivo de funcionários, tem os cargos comissionados, tem as comissões. Então, naturalmente, se houve toda essa problemática com a administração anterior, naturalmente a gente vai fazer uma mudança até certo ponto radical”, defendeu.

Como tentativa de moralizar o órgão, Nosman pretende, além da realização de uma auditoria, abrir as portas para o Ministério Público e para a Polícia Civil. Ele destacou que “pra semana estamos indo à CBF pra chamar a CBF também pra essa parceria de moralização”.

ClickPB

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSMETROPOLE.COM.BR, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSMETROPOLE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.

Notícias Relacionadas

Treinador do Sport de Patos pede arbitragem i...

Garantido na semifinal da 2ª divisã...

Esporte de Patos goleia Nacional de Pombal e ...

O Esporte de Patos entrou em campo na noite dest...

Goleiro do Nacional de Pombal reclama de atra...

O goleiro Breno denunciou que o Nacional de Pomb...

Esporte e Amigos decidirão o Campeonato Regi...

O Campeonato Regional Sub 17 de Patos ter&aacu...

Outras categorias