quinta, 18 de abril de 2019

De virada, Botafogo-PB vence o Nacional de Patos e abre vantagem na semifinal

11/04/2019 Esporte

No estádio José Cavalcanti, Nacional de Patos e Botafogo-PB começaram a decidir quem será o segundo semifinalista do Campeonato Paraibano de 2019. E em um jogo quente e polêmico, o Canário saiu na frente do placar, mas teve um jogador expulso antes da metade do primeiro tempo, e tomou a virada do Belo, que leva a vantagem do empate para a partida de domingo, em João Pessoa.

Mesmo com uma postura mais cautelosa, esperando o visitante, aos 11 minutos o Naça arriscou pela primeira vez. Birungueta recebeu na entrada da área, ajeitou e bateu de pé direito, cruzado, no canto de Saulo, mas o arqueiro caiu para fazer a defesa.

Dois minutos mais tarde, os donos da casa abriram o placar. Birungueta cobrou escanteio da direita e Ranieri subiu mais que todo mundo para mandar de cabeça, no canto esquerdo, e fazer a festa do torcedor nacionalino.

No minuto seguinte, o Botafogo-PB tentou a reação. Clayton avançou pela direita e cruzou na área, onde o pequeno Marcos Aurélio, entre os zagueiros, desviou de cabeça, mas Geffson defendeu em dois tempos.

Quando o Belo tentava chegar ao ataque, aos 22, Nando desviou de cabeça, Marcos Vinicius passou por dois e foi derrubado por Birungueta. O árbitro Marcelo Aparecido de Souza entendeu que o camisa 2 era o último homem e deu cartão vermelho direto, deixando o Canário com um a menos.

Em um lance de bola parada, aos 38, o Belo conseguiu o empate. Marcos Aurélio cobrou falta da meia esquerda, a bola desviou na barreira e morreu no ângulo esquerdo de Geffson para deixar tudo igual.

Segundo tempo

Jogando com um a mais, o Belo tinha mais bola no ataque e tentava pressionar, e em um lance de bola parada assustou. Em cobrança de falta da direita, Marcos Aurélio mandou na área e Nando desviou. A bola passou raspando a trave direita de Geffson.

Se defendendo na maior parte do tempo, o Nacional se lançava ao ataque na boa. Aos 16, Biro Biro fez jogada na direita e tocou na área, onde Isaías recebeu de costas e só escorou para Fábio Neves encher o pé e mandar a bola muito perto do poste direito do Botafogo-PB.

Novamente o Belo chegou com Nando. Aos 21, Nando recebeu de costas, driblou de letra e bateu de pé direito, obrigando o arqueiro nacionalino a defender em dois tempos.

Mesmo sem jogar bem, o talento individual fez diferença e o segundo gol botafoguense saiu. Aos 27, Marcos Aurélio tocou para Dico, que da entrada da área soltou a bomba de pé direito, no ângulo esquerdo de Geffson, marcando um golaço que até furou a rede.

Perto do fim do jogo, aos 43, Fábio Neves recebeu limpo, na pequena área, o cruzamento de Ciel, mas tocou de pé direito, sem força, e Saulo conseguiu fazer a defesa e evitar o empate.

Com a vitória por 2 a 1, no domingo (14), o Botafogo-PB joga por um empate para avançar para a decisão, enquanto o Nacional precisa de uma vitória por dois gols de diferença. Caso consiga o triunfo com apenas um gol de vantagem, o dono da vaga será definido nas cobranças de pênaltis.

Vozdatorcida

 

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSMETROPOLE.COM.BR, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSMETROPOLE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.

Notícias Relacionadas

Atlético-PB se beneficia de eliminação do ...

De virada, Botafogo-PB vence o Nacional de Patos e abre vantagem na se

3C de Patos está de volta ao Campeonato Para...

De virada, Botafogo-PB vence o Nacional de Patos e abre vantagem na se

Botafogo-PB volta a vencer o Nacional de Pato...

De virada, Botafogo-PB vence o Nacional de Patos e abre vantagem na se

STJD pune Esporte de Patos por escalação ir...

De virada, Botafogo-PB vence o Nacional de Patos e abre vantagem na se

Outras categorias