Menu

segunda, 21 de janeiro de 2019

Conflito entre torcidas é a nota triste de Nacional x Atlético; árbitro se posiciona

06-fevereiro-2018 Esporte

Episódios lamentáveis marcaram a partida entre Nacional de Patos e Atlético de Cajazeiras nesse domingo. Torcedores dos dois times, presentes às arquibancadas do Estádio José Cavalcanti, arremessaram objetos uns contra os outros e, se não fosse a intervenção da polícia, provavelmente teriam entrado em confronto direto ali mesmo, enquanto a bola rolava no campo. O árbitro da partida, Clizaldo Luiz Maroja, falou sobre o ocorrido, mas disse que, quando se deu conta do tumulto, os policiais já haviam controlado a situação. 

A partida entre o Canário do Sertão e o Trovão Azul foi válida pela sexta rodada do Campeonato Paraibano e terminou com vitória dos donos da casa por 1 a 0, com gol de Lúcio Curió, cobrando falta. Isso é futebol. Mas o que se viu ainda durante o primeiro tempo foi selvageria. Torcedores de um lado e de outro, separados nas arquibancadas, atiravam objetos uns contra os outros. Eram pedras, pedaços de madeira, garrafas. Alguns vídeos que circulam pelas redes sociais mostram a agressividade das duas torcidas. Imagens da TV Paraíba, que cobriu o jogo no José Cavalcanti, mostra os dois grupos se estranhando nas arquibancadas e sendo contidos pela polícia.

Procurado pela reportagem do GloboEsporte.com, o árbitro Clizaldo Luiz Maroja comentou o que viu do tumulto e o que tomou como base para preencher a súmula da partida.

- O episódio ocorreu no começo do primeiro tempo, no momento em que a bola estava parada por causa de um lance de falta. Quando me dei conta do problema, percebi que a Polícia Militar já estava contornando a situação, que foi logo resolvida. Ao final da primeira etapa, procurei saber se algum torcedor se machucou, recebi a informação de que não, e a partida transcorreu normalmente - afirmou o árbitro.

Uma vez que só pode relatar na súmula o que viu, Clizaldo já adiantou que nas suas anotações consta apenas o princípio de confusão, rapidamente contido pela PM.

    - Já encaminhei o relatório para a Comissão de Arbitragem. Só posso relatar o que vi. Não posso basear as informações da súmula em supostos fotos ou vídeos que, porventura, sejam divulgados - explicou Clizaldo.

O GloboEsporte.com também entrou em contato com José Renato Soares, que é presidente da Comissão de Arbitragem da Paraíba. Segundo ele, todo o procedimento legal vai ser realizado e qualquer possível punição aos clubes só deve ser analisada posteriormente.
    - Já estamos com o relatório em mãos. Iremos protocolar na Federação Paraibana de Futebol e, de lá, caso seja necessário, segue para o Tribunal de Justiça Desportiva - explicou José Renato.

Em contato com o 3º Batalhão da Polícia Militar, que fica em Patos, a reportagem foi informada que apenas o departamento de comunicação poderia emitir qualquer pronuciamento sobre o trabalho dos policiais e que isso só seria feito na manhã desta terça-feira.
Em campo, com a vitória por 1 a 0, o Nacional de Patos chegou aos 13 pontos e assumiu a segunda posição do Grupo A, enquanto que o Atlético de Cajazeiras se manteve com 6 pontos e caiu para a quarta colocação do Grupo B.

Globo Esporte PB

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSMETROPOLE.COM.BR, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSMETROPOLE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.

Notícias Relacionadas

De virada, Campinense vence Nacional de Patos...

Em partida válida pela 2ª rodada do ...

Nando marca e garante vitória do Botafogo-PB...

Esporte de Patos e Botafogo-PB fecharam a segund...

Esporte x Botafogo jogaram 76 partidas em 31 ...

O Esporte de Patos realiza contra o Botafogo de ...

Esporte de Patos treina forte para enfrentar ...

Vindo de um resultado negativo diante da equipe ...

Outras categorias