Menu

segunda, 18 de março de 2019

PB ganha programa que auxilia encontro de pessoas desaparecidas

10-janeiro-2019 Gerais

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) iniciou a implantação do Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (Plid), que vai auxiliar na busca de pessoas desaparecidas no estado, além de ajudar na localização de paradeiros e identificação de pessoas e corpos, dando solução aos casos; registrar as situações no sistema nacional interligado; gerar relatórios e estatísticas e prestar atendimento humanizado às famílias atingidas com o fenômeno do desaparecimento.

O Plid vai articular dados de órgãos distintos e mobilizá-los no processo de localização de pessoas, compondo um sistema de informações. O programa vai recepcionar demandas espontâneas da sociedade, assim como também das instituições envolvidas; fazer diligências junto aos órgãos envolvidos em busca da solução dos casos de desaparecimento e prestar atendimento qualificado nas áreas de psicologia e assistência social às famílias das vítimas.

O programa é sistematizado através de programa informatizado, que funciona por intermédio de um banco de dados, apto a realizar o cruzamento de informações fornecidas por diversos órgãos e que são utilizadas nos processos de localização de desaparecidos, identificação de pessoas falecidas e verificação de fenômenos correlatos.

“No caso dos cadáveres não identificados, o programa vai buscar auxiliar a polícia nessa identificação. O programa também vai buscar as famílias dos cadáveres localizados e identificados, mas que as famílias não têm conhecimento do óbito. O que muitas vezes acontece é que a pessoa é considerada desaparecida e, no mesmo momento, um corpo é identificado, e não há o cruzamento dessas informações”, disse a promotora de Justiça, Elaine Alencar.

Ascom

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSMETROPOLE.COM.BR, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSMETROPOLE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.

Notícias Relacionadas

Após pesquisa interna Jornalista crava: A re...

De posse de números de uma pesquisa int...

Cantora Mirin, Lívia Valéria é desclassifi...

A patoense Lívia Valéria foi descl...

Morre, aos 37 anos, o advogado, vice-presiden...

O advogado Ednelton Helejúnior Bento Pere...

Expectativa em Patos para a apresentação de...

A cantora mirim Lívia Valéria, de ...

Outras categorias