Menu

terça, 26 de setembro de 2017

Blogueira usa arte para cobrir cicatriz causada por agressão de ex-namorado

15-julho-2017 Gerais

Dois anos após uma agressão física que quase tirou sua vida, a blogueira Juliana Mirtis, 41 anos, decidiu tatuar uma rosa no local onde ficou a enorme cicatriz. Juliana foi agredida pelo próprio namorado em 2015 Ela foi ferida à faca em sua residência. A tentativa de homicídio aconteceu no bairro São Sebastião em Patos.

“Tudo aconteceu na manhã de 19 de maio de 2015, eu já havia sido agredida antes, mas não imaginava que ele tentaria me matar”,  relembrou

Uma ano antes, em maio de 2014, no começo do relacionamento com o agressor, Juliana foi vítima de agressões que deixaram escoriações no rosto. A violência se deu por ciúmes após os dois retornarem de uma festa. Na época,  Mirtes prestou queixa contra o acusado mas tempos depois, acreditando em uma mudança por parte dele, a vítima decidiu reatar o relacionamento.

Dois anos após ser esfaqueada e ainda ferida emocionalmente, Juliana quis amenizar as lembranças que quase a tirou a vida. No lugar onde foi esfaqueada, a blogueira tatuou uma rosa. 

"Eu quis tirar aquela marca do meu corpo pois cada vez que me olhava no espelho,  lá estava aquela marca, enquanto eu tiver vida. Escolhi colocar uma rosa porque nela encontramos sua beleza e seu aroma mas também seus espinhos e temos que ficar atentas a esses espinhos, nada simbolizaria melhor tudo que foi vivido. Tem muitas mulheres sendo vítimas de seus companheiros, algumas já até estão na fase dos espinhos,  mas não tem força de se libertarem",  lamentou.

Em 2017,  diversos casos de violência contra a mulher foram noticiados na mídia paraibana, na maioria dos casos de agressão familiar, a vítima já sofria agressões e algumas já haviam denunciado à polícia e estava sob medida protetiva. O caso mais recente foi de mulher de 38 anos que foi morta a tiros na frente de familiares na cidade de Malta, na região do Sertão. 

A vítima já havia sido agredida e registrado as agressões em delegacias da cidade de João Pessoa,  onde o casal convivia antes do termino do relacionamento.

maispatos.com

 

Mídias da Matéria

Clique para ampliar

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSMETROPOLE.COM.BR, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSMETROPOLE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.

Notícias Relacionadas

Patoense sofre sérios problemas após parto ...

Uma jovem patoense de 33 anos está vivend...

Mulher que foi atropelada no último domingo,...

O Sargento Aurélio Gomes, da 4ª Co...

Em menos de um mês, preço do botijão de g...

O Grupo Executivo de Mercado e Preços (Ge...

Funcionários dos Correios vão decidir sobre...

Os funcionários dos Correios da Federa&cc...

Outras categorias