Menu

terça, 26 de setembro de 2017

Secretários aprovam Centro de Zoonoses Regional

13-setembro-2017 Gerais

Secretários municipais de saúde da 6ª Regional Patos participaram na manhã desta terça-feira 12 de mais uma reunião ordinária da CIRs – Comissão Intergestores Regional do Sertão. Vários assuntos viera à pauta, com destaque para a aprovação do Centro de Zoonoses Regional. O projeto inicial apresentado contemplava somente Patos e teria um custo de R$ 1 milhão. Houve então a pactuação entre os 24 municípios para que o Centro atendesse toda a região.

“Um milhão de reais é insuficiente, já que o projeto está orçado em mais de R$ 2 milhões, mas para inciar o Centro teria que ter esse aporte de recursos, uma ementa parlamentar já assegurada pelo deputado federal Hugo motta”, comentou o gerente regional de saúde, José Leudo de Farias. 

Como a secretária de saúde de Patos, Andressa Cristina Lopes se encontra no Distrito Federal, a CIRs permitiu, abrindo uma exceção, que o projeto fosse apresentado por um representante da respectiva secretaria e aprovado, através da Resolução 17. O projeto, após a pactuação, será encaminhado à Brasília, onde seguirá os trâmites legais.

Outro tema abordado foi sobre a Caravana do Coração, que esteve recentemente em Patos, mais precisamente no dia 30 de junho último, realizando 600 atendimentos. Nessa última visita do Círculo do Coração, apesar do foco da ação ser as crianças, foi realizado um estudo sobre as mulheres grávidas, para detecção daquelas de alto risco. Nos municípios da 6ª Regional foram constatadas várias com pressão alta, sífilis, que tiveram aborto, que estão enquadradas no protocolo de alto risco. As informações sobre elas foram encaminhadas a seus municípios de origem.

A Maternidade Dr. Peregrino Filho de Patos, referência no atendimento de ginecologia e obstetrícia para dezenas de municípios, aumentou o número profissionais que passam a atender em seu consultório de alto risco. Esse tipo específico de atendimento, que eram de 90 gestantes por mês passa para mais de 200. “Há uma grande preocupação do Estado para prevenir morte da mulher em idade fértil. Ano passado foram a óbito na Paraíba 43 mulheres, este ano ainda não temos registro aqui na nossa região. Por isso importante esse trabalho de atendimento à mulher de alto risco”, comentou Leudo.

Rosângela Pereira, presidente da CIRs, comentou sobre a reunião ordinária da Comissão e enalteceu os avanços na agilização dos processos, a exemplo da PPI – Programa Pactuação Integrada. Sobre o centro de Zoonoses Regional, que teve sua pactuação aprovada pelos 24 municípios da região de Patos, explicou que a secretária de saúde de Patos se reunirá com os gestores dos outros 23 municípios para explicar como será o fluxo dos animais a serem encaminhados a esta cidade.

Representantes do Grupo Amigas Viva a Vida também participaram do encontro para passar informes sobre a I Corrida e Caminhada Pela Vida, prevista para acontecer no próximo mês, que visa arrecadar recursos para equipar a Unidade de Oncologia de Patos, que atenderá a pacientes com câncer de aproximadamente 70 municípios do interior.

Marcos Eugênio

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSMETROPOLE.COM.BR, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSMETROPOLE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.

Notícias Relacionadas

Patoense sofre sérios problemas após parto ...

Uma jovem patoense de 33 anos está vivend...

Mulher que foi atropelada no último domingo,...

O Sargento Aurélio Gomes, da 4ª Co...

Em menos de um mês, preço do botijão de g...

O Grupo Executivo de Mercado e Preços (Ge...

Funcionários dos Correios vão decidir sobre...

Os funcionários dos Correios da Federa&cc...

Outras categorias