Menu

sexta, 14 de dezembro de 2018

Jovem morto por PM ao fazer idosa refém no Rio de Janeiro pode ser de Ibiara, no Vale do Piancó

05-dezembro-2018 Policial

Um assaltante foi morto após roubar a joalheria Barra Joias e fazer uma idosa refém na manhã desta quarta-feira (5) no Centro de Valença, que fica a 160 km do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, ele assaltou o estabelecimento e fugiu em direção ao Mercado Municipal.

De acordo a Polícia Militar (PM), o acusado fez menção de atirar nos policiais e 'em ato de defesa, os policiais efetuaram o disparo contra ele'.

Ainda segundo a PM, a idosa foi identificada como Tereza de Jesus Ferreira Sacramento, de 83 anos. Ela recebeu atendimento médico e deve prestar depoimentos nos próximos dias na 91ª Delegacia de Polícia (Valença). Já o assaltante morto seria na cidade de Ibiara, na região do Vale do Piancó, conforme informações de conterrâneos, que moram no estado do Rio de Janeiro. Ainda não se sabe o nome do assaltante.

Testemunhas informaram que o homem anunciou o assalto e enquanto colocava as joias na mochila, a dona do estabelecimento saiu e acionou a polícia. Ele percebeu e fugiu do local sendo perseguido por um segurança da loja. Uma viatura passou e começou uma nova perseguição. Nessa hora o assaltante fez a senhora refém.

Moradores que presenciaram a ação, gravaram vídeos e enviaram para o WhatsApp da TV Rio Sul. Nas imagens é possível ver o assaltante armado, segurando a vítima, enquanto um policial apontava a arma em direção a ele. Pessoas gritavam para ele soltar a idosa. Em um momento, ela tropeça nos paralelepípedos e cai no chão, e o policial atira contra o bandido, que morre na hora. A mulher não ficou ferida.

Até a publicação desta reportagem, o corpo permanecia no local e a identidade do homem não tinha sido divulgada.

Cidade pacata com número baixo de roubos e homicídios
Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), o número de homicídios caiu pela metade no município, em relação ao ano passado. Em 2017, foram registrados seis homicídios dolosos, contra três registrados em 2018.

Porém, o número de roubo a estabelecimentos comerciais aumentou na cidade. Em 2017, apenas um assalto foi registrado, contra quatro deste ano. As informações são refentes ao período de janeiro a outubro.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, Valença tinha um pouco mais de 76 mil habitantes. E é considerada pelos moradores como uma cidade pacata e tranquila. 

 

 

Fonte: Vale do Piancó Notícias com G1

Mídias da Matéria

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSMETROPOLE.COM.BR, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSMETROPOLE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.

Notícias Relacionadas

PM age rápido, prende jovem e apreende adole...

Os dois irmãos policiais militares...

Grupo invade casa para roubar e mata estudant...

  Uma tragédia foi registrada na ma...

Homem é morto, em Patos, dentro de casa...

Uma pessoa foi morta na noite desta quarta-feira...

Homem tenta matar Guiné para jantar e acaba ...

No início de terça-feira (11), a...

Outras categorias