Banner Inecardio
debate

No Patos Sustentável, Batista cobra debate sobre Código Tributário e critica taxa sem propostas para acabar com Lixão

Batista foi entrevistado no programa Patos Sustentável desse sábado (28) e informou que foi enviado ofício em nome das entidades do setor para a Câmara Municipal solicitando uma cópia do Código Tributário para análise

30/09/2019 14h58
Por: Ary Ramalho
Fonte: Assessoria
28
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Patos, Batista Rodrigues, voltou a cobrar debate sobre o Código Tributário e criticou a inclusão da cobrança da taxa de lixo sem que seja apresentado um plano para resolução do problema do Lixão da cidade.

Batista foi entrevistado no programa Patos Sustentável desse sábado (28) e  informou que foi enviado ofício em nome das entidades do setor para a Câmara Municipal solicitando uma cópia do Código Tributário para análise.

“Infelizmente, os políticos do nosso país quando as coisas apertam, eles procuram sempre aumentar os impostos e nunca procuram diminuir os seus gastos. Só quem paga a conta é a população e isso é muito triste”, enfatizou.

O ex-prefeito Lenildo Morais acredita que um projeto da importância do Código Tributário deveria ser sido enviado às entidades representativas para que os sindicatos e outras entidades possam discutir isso com seus representados e assim a população possa participar das decisões e o debate possa acontecer.

O Programa Patos Sustentável vai ao ar todos os sábados das 12h às 13h pela Rádio Espinharas de Patos frequência 105.1 e tem, além dos comentários de Lenildo Morais, a apresentação do radialista Nildo Pereira e da jornalista Luciana Rodrigues. O programa discute temas de interesse de Patos e ajuda a construir uma cidade com ações e propostas voltadas para as atuais e futuras gerações.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários