Banner Inecardio
geração

Semiárido do Nordeste tem o segundo maior potencial de geração de energia solar do mundo, afirma físico

interior da região Nordeste tem um potencial fantástico, sendo o segundo maior do mundo atrás apenas do Deserto do Saara na África

29/10/2019 15h27Atualizado há 3 semanas
Por: Ary Ramalho
Fonte: Ciência em Foco
98
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

De acordo com o físico Rodrigo Cézar Limeira a geração de energia solar no interior da região Nordeste tem um potencial fantástico, sendo o segundo maior do mundo atrás apenas do Deserto do Saara na África.

Outros dados interessantes de estudos já realizados aborda o estudioso, dizem respeito também a geração de energia eólica. No Estado da Paraíba a geração de energia a partir dos ventos, tem um potencial bem elevado do Litoral até a região central do Estado, tendo aproximadamente a cidade de Patos como limite. Dessa forma, as regiões do Litoral, Brejo, Agreste, Cariri, e Sertão até a região de Patos têm elevadíssimo potencial para geração de energia eólica. Já a região do oeste do Estado tem potencial menor para geração de energia dos ventos.

 

Próximo ao município de Santa Lúzia, local onde a Concessionária Espanhola de Energias Renováveis Iberdrola está instalando seu parque eólico, passa a maior jazida de ventos do mundo. O potencial da região é tão grande, que pode gerar energia elétrica suficiente para abastecer todo o Nordeste Brasileiro.

 

Já a região situada entre os municípios de Patos e Sousa no Sertão do Estado pontua o físico, apresenta o maior potencial para geração de energia solar do Brasil.

 

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários