Banner Inecardio
Programação

Câncer de próstata matou 272 homens este ano na Paraíba

Dados são da Secretaria de Saúde do Estado, que inicia nesta segunda-feira (4) as atividades relacionadas ao Novembro Azul

04/11/2019 05h52
Por: Ary Ramalho
Fonte: Portal Correio
13
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O câncer de próstata foi a causa de morte de 272 homens entre janeiro e outubro deste ano na Paraíba. Os dados são da Secretaria de Saúde do Estado, que inicia nesta segunda-feira (4) as atividades relacionadas ao Novembro Azul, mês dedicado à saúde da população masculina e que vai contar com diversas palestras e disponibilização de serviços de saúde.

A programação começa nesta segunda, às 8h30, com uma palestra do médico Otávio Soares de Pinho Neto sobre saúde do homem. Além do câncer de próstata, o Novembro Azul também busca conscientizar os homens sobre a importância de buscar auxílio médico em qualquer sintoma de uma doença mais grave.

“O objetivo é evitar que os homens só procurem a assistência quando já estiverem doentes. O Novembro Azul acontece para ampliar essa divulgação e assim estimular ainda mais os municípios, os gestores municipais a pensarem a temática da saúde do homem, para que melhorem a atenção primária de saúde”, disse o coordenador da Área Técnica de Saúde do Homem da Saúde do Estado, Hélio Soares.

Veja a programação completa abaixo:

6/11 Sousa – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
7/11 Patos – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
12/11 Campina Grande – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
13/11 João Pessoa – PB Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
19/11 CEFOR Roda de Conversa sobre a saúde integral do homem e a Sintomatologia do Câncer de Próstata
Durante o mês de Novembro Patos – Hospital do Bem – Durante todo mês haverá ações e consultas com Urologista e coleta de exames PSA, com agendamento no serviço.

Sintomas do câncer de próstata

A maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente e não causam sintomas no início, mas tumores em estágio mais avançado podem causar dificuldades para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga, presença de sangue na urina e, em alguns casos, dor óssea na região das costas; por isso o diagnóstico precoce da doença é essencial, e este é realizado por meio do toque retal e da dosagem do PSA no sangue onde se pode avaliar a próstata.

Neste sentido, a população deve procurar às Unidades de Saúde da Família, para realização dos exames preventivos, se possível, uma vez ao ano, após os 50 anos, ou conforme orientação médica, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia – SBU.

Homens da raça negra ou com parentes de primeiro grau (pai, irmão, tios) com histórico de câncer de próstata devem começar os exames aos 45 anos. O rastreamento deverá ser realizado após ampla discussão de riscos e potenciais benefícios.

O tratamento do câncer pelo SUS na Paraíba é realizado no Hospital Napoleão Laureano e Hospital São Vicente de Paula, em João Pessoa; no Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) e no Hospital Universitário Alcides Carneiro – HUAC em Campina Grande e, agora, no Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, na Unidade de Oncologia do Sertão, Hospital do Bem, em Patos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários