Banner Inecardio
Lei 1353/2019

“Pega de boi no mato” pode se tornar patrimônio cultural imaterial do estado da Paraíba

"Nessa prática, diferente da vaquejada, o boi é solto na vegetação da caatinga e os vaqueiros, comumente vestidos com trajes em couro

13/12/2019 16h20Atualizado há 7 meses
Por: Ary Ramalho
Fonte: Assessoria
320
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Preocupado com o resgate e manutenção da cultura popular, o deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) apresentou na Assembleia Legislativa da Paraíba Projeto de Lei 1353/2019, que declara a “pega de boi no mato” como patrimônio cultural imaterial do estado da Paraíba.

Segundo explica o deputado, esse esporte, que teve origem no Nordeste na época dos grandes coronéis, é atualmente uma atividade cultural que faz parte da tradição. “Uma cultura que ainda resiste principalmente em alguns municípios do interior da Paraíba”, disse. “Nessa prática, diferente da vaquejada, o boi é solto na vegetação da caatinga e os vaqueiros, comumente vestidos com trajes em couro, percorrem o mato montados em seus cavalos, em busca de capturar o animal”, explicou.

Ainda segundo Wallber Virgolino, “a tradição da pega de boi no mato reforça a identidade territorial, refletindo seu cotidiano e seu espaço vivido, além de turistas para a região da caatinga”.