Banner Inecardio
simplicidade

Padre Jorge Luís Gomes comera Bodas de Prata Sacerdotal

"Do ouro, e da prata, e do cobre, e do ferro não há número; levanta-te, pois, e faze a obra, e o SENHOR seja contigo." (1 Crônicas 22,16)

30/12/2019 10h46
Por: Ary Ramalho
Fonte: Informações Diácono Gildenor Oliveira
414
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

"Do ouro, e da prata, e do cobre, e do ferro não há número; levanta-te, pois, e faze a obra, e o SENHOR seja contigo." (1 Crônicas 22,16)

Este penúltimo dia do ano de 2019 marca de forma indelével a data honrosa para o ministério e vocação do Reverendíssimo Padre Jorge Luís Gomes, suas Bodas de Prata de Ordenação Sacerdotal. 

Deus em sua bondade fez a sua obra ao vocacionar este bom servo ao serviço de sua Igreja, ornando-o com o dom de sua participação no mistério do Sacerdócio eterno e régio.

Se toda vocação emana do próprio Deus, há exatos 25 anos, o jovem Jorge Luís Gomes entregava sua vida no altar do Senhor, para servir a este sacrossanto e eterno dom como oferta não do vil metal, a prata, mas antes como oferta agradável aos olhos de Deus.

Por isso, louvamos a Deus que em sua infinita misericórdia sustenta e renova as mesmas e únicas promessas do Reverendíssimo Padre Jorge feitas solenemente em sua ordenação presbiteral ocorrida em Catingueira - PB, em 30 de dezembro de 1994 pelas mãos do nosso saudoso bispo diocesano Dom Gerardo de Andrade Pontes, quando foi levado solenemente ao altar pelos seus pais Felizardo e Maria das Neves, seus irmãos, familiares e amigos.

A marca do ministério sacerdotal de Padre Jorge é a simplicidade, a humildade e o zelo pela casa de Deus. Foram esses e muitos outros valores que o fizeram realizar frutuoso pastoreio em várias paróquia desta diocese de Patos nos municípios de Santana dos Garrotes, Nova Olinda, Olho D'água, Piancó, Catingueira, Santa Terezinha, São José do Bonfim, Juru e Patos, deixando muitos amigos e um valoroso legado missionário. 

Que assim como a Prata que empresta seu brilho a esta magna data de hoje seja reluzente a renovação do seu sim, chamado sempre contínuo para dar prosseguimento a obra de Cristo, Sumo e Eterno Sacerdote através do dom ministerial do Padre Jorge Luís Gomes.

 

Uma homenagem dos amigos Carlos e Cícero.