Banner Inecardio
2,6 mil pescadores

Governo Federal começa a pagar 2ª parcela de auxílio a pescadores da PB

Conforme a pasta, hoje podem sacar os pescadores cujo NIS tem finais 1 e 2. O pagamento será feito pela Caixa entre os dias 21 e 31 de janeiro

21/01/2020 21h30
Por: Ary Ramalho
Fonte: MaisPB
119
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Começou a ser pago, nesta terça-feira (21), a segunda parcela do auxílio emergencial concedido aos 2,6 mil pescadores profissionais artesanais da Paraíba afetados pela mancha de óleo no litoral do estado. De acordo com o Ministério da Agricultura, os profissionais contemplados exercem a atividade de pesca nos municípios de Cabedelo, Conde, João pessoa, Marcação, Pitimbu e Rio Tinto.

Conforme a pasta, hoje podem sacar os pescadores cujo NIS tem finais 1 e 2. O pagamento será feito pela Caixa entre os dias 21 e 31 de janeiro.

Os pescadores podem sacar o benefício com o cartão social em qualquer canal da Caixa, como casas lotéricas, terminais de autoatendimento e correspondentes Caixa Aqui. Os que não têm o cartão precisam ir a uma agência do banco levando documento de identificação com foto e o NIS.

Os recursos passaram a ser destinados após o Ministério estabelecer períodos de defeso adicionais para este ano nas atividades pesqueira nas áreas atingidas pelo óleo no Nordeste. A primeira parcela foi paga em dezembro e cada uma é de R$ 998. O dinheiro poderá ser sacado em até 90 dias, contados da data da disponibilização do crédito ao beneficiário. Esse benefício não interfere no recebimento do seguro-defeso pelos pescadores conforme legislação específica.