Banner Inecardio
aplicação

Mulher do Sertão da PB morre após aplicar silicone industrial em clínica clandestina

Maísa Andrade, uma transexual, foi internada com alta quantidade de silicone industrial no corpo

05/02/2020 21h53
Por: Ary Ramalho
Fonte: Paraíba Já
36
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução


Uma mulher de 34 anos morreu na tarde desta quarta-feira (5), no hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, após ter aplicado silicone industrial no corpo. O procedimento teria acontecido em uma clínica clandestina no bairro do Varadouro, em João Pessoa.

Maísa Andrade, uma transexual, foi internada com alta quantidade de silicone industrial no corpo. A aplicação teria acontecido na região da perna.

De acordo com o diretor-geral do Trauma, a vítima já chegou entubada e com ventilação assistida. “Em todos os casos que há aplicação desta substância, há forte índice de morte”, completou.

O corpo de Maísa, que era da Cajazeiras, foi liberado por volta das 17h40 para o velório e enterro.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.