Banner Inecardio
Paraíba

Atendimentos presenciais nas sedes do MPF serão restritos e expediente físico de servidores ocorrerá em escala de revezamento

Estagiários desenvolverão atividades a partir de casa, mediante ajustes com os supervisores

16/03/2020 19h37
Por: Ary Ramalho
Fonte: Assessoria de Imprensa
20
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em razão da propagação do coronavírus no país, na Paraíba, a administração do Ministério Público Federal (MPF) resolveu suspender eventos e atendimentos que puderem ser prestados por meio eletrônico e/ou telefônico, nas seis sedes do órgão no estado (João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Monteiro, Patos e Sousa). Serão mantidos os atendimentos presenciais que não puderem ser feitos alternativamente de forma remota. Atendimentos aos Correios e fornecedores, por exemplo, permanecem inalterados. A medida adotada está em vigor por tempo indeterminado.

A partir da próxima segunda-feira (16), servidores farão revezamento de trabalho remoto. Cada setor e gabinete deve ter apenas uma pessoa dando expediente de forma presencial. Assim, quem não der expediente físico trabalhará a partir de casa, de modo a garantir o pleno funcionamento das atividades do órgão.

Terão, compulsoriamente, que realizar trabalho remoto, a partir de casa, todos os servidores portadores de doenças respiratórias crônicas, devidamente comprovadas por atestados médicos; que tiverem filhos menores de um ano ou coabitem com idosos com doenças crônicas; maiores de 60 anos; que viajaram ou coabitem com pessoas que estiveram no exterior nos últimos 15 dias; além das gestantes.

Já os estagiários estão liberados dos serviços nas sedes, devendo todos realizar suas atividades a partir de casa, mediante ajustes com os supervisores.

Denúncias online - Qualquer cidadão pode fazer cadastramento online de manifestações por meio do endereço eletrônico do MPF Serviços, ou ainda pelo aplicativo, disponível para os sistemas operacionais iOS e Android.

Higiene e informações - Além das medidas administrativas para evitar o contágio da Covid-19, a administração local do MPF alerta sobre a importância de se manter bons hábitos de higiene e procurar informações com fontes confiáveis. Informações têm sido divulgadas tanto pelo Ministério da Saúde, quanto por meio de campanhas realizadas pela Secretaria de Comunicação da Procuradoria-Geral da República (PGR) e, na Paraíba, pela Assessoria de Comunicação do MPF. Todas as providências locais estão sendo tomadas com base em portaria da PGR.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.