Banner Inecardio
na raça

Jovem patoense, exemplo de superação, já conquistou 27 medalhas e busca seu espaço no atletismo

Caminha, corre, é disciplinada em seus treinamentos

10/05/2019 06h45
Por: Ary Ramalho
Fonte: Folha Patoense
109
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A jovem atleta patoense Francisca Paula Lúcio da Silva tem 22 anos e começou a praticar atletismo aos 15 anos de idade. Aos 18 anos teve de parar os exercícios em virtude de uma agressão que sofreu. A jovem levou uma capacitada no corpo e passou a enfrentar problemas de saúde.

Depois de três anos ela retomou os treinos. Caminha, corre, é disciplinada em seus treinamentos, mas lamenta que a cidade de Patos não dispõe de um espaço adequado para a prática de atletismo. “É tudo no improviso e na raça”, diz ela.

Recentemente a jovem recebeu o convite do Instituto Rafaela Pessoa Gondim para treinar na Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa; e nesta sexta-feira (10) e sábado (11) acontece uma competição de atletismo na própria UFPB, em João Pessoa, com premiação, e a atleta patoense vem treinando forte para participar com condições de chegar entre os primeiros.

Paula Silva, como é conhecida, começou no atletismo representando a Escola Auzanir Lacerda numa competição e a partir de então tomou gosto por esse esporte, inclusive participou de competições em outros estados representando a escola e conquistou 27 medalhas de ouro até o ano de 2016. Em 2017 ela sofreu a agressão e parou por três anos. “Hoje estou em João Pessoa de volta à pista de atletismo para representar a cidade de Patos e o Instituto Rafaela Pessoa Gondim nas provas de 100 metros rasos e salto à distância. Nessa sexta-feira, 09, vai ter a competição adulta e estou bastante confiante. Passei três anos sem poder treinar por conta da agressão que sofri, com problemas de saúde, falta de ar, mas nunca desisti e logo que eu pude retomei os treinos. Quero crescer, quero dar o meu melhor e a cada dia mostrar a minha superação. Preciso muito de patrocínio para custear os gastos das viagens para participar de treinos e competições, pois o único local de treino que eu tenho é em João Pessoa. Patos não tem estrutura para o atletismo”, disse.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários