Banner Inecardio
dados relevantes

Cai número de acidentados de trânsito atendidos no Hospital de Patos em março

Em março, foram registrados 266 atendimentos de vítimas de acidente de trânsito, número inferior ao do mês de fevereiro, que mesmo com dois dias a menos no calendário, contabilizou 342 ocorrências

07/04/2020 15h11
Por: Ary Ramalho
Fonte: News Comunicação
54
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O relatório de atendimentos do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, de Patos, referente ao período de 1º a 31 de março trazem dados relevantes. O primeiro deles é que o número de atendimentos na urgência e emergência da unidade de vítimas de acidentes de trânsito diminuiu consideravelmente no mês passado. Essa redução coincide com a adoção das medidas de isolamento social adotadas na Paraíba em função da pandemia do Covid-19. Em março, foram registrados 266 atendimentos de vítimas de acidente de trânsito, número inferior ao do mês de fevereiro, que mesmo com dois dias a menos no calendário, contabilizou 342 ocorrências.

Outro dado relevante é que mesmo em função da redução dos acidentes, o número de ocorrências na urgência envolvendo motociclistas se manteve alto. Dos 266 pacientes atendidos, 233 estavam em motos. Os demais casos foram de vítimas de acidentes com bicicletas (19), seguidos de automóveis (07), atropelamentos (06) e ainda uma ocorrência com veículo de tração animal. Outro relatório emitido na manhã desta segunda-feira (06), referente ao período de 31 a 05 de abril, já contabilizava mais 49 atendimentos de vítimas de acidentes, dos quais 42 envolveram motos, cinco foram com automóveis, um com bicicleta e um atropelamento.

A diretora geral do Complexo, Liliane Sena, confirma que a redução do número de atendimentos coincide com as medidas de restrição e isolamento social por causa da pandemia. "Era natural que com menos pessoas circulando, houvesse essa redução tanto que se formos comparar os dados da primeira quinzena, com a segunda metade do mês de março, a gente já percebe essa redução claramente", disse Liliane. Do dia 01 a 15/03, foram registrados 156 atendimentos de vítimas de acidentes e na segunda quinzena esse quantitativo baixou para 110.

O relatório de gestão da unidade no tocante a atendimentos às vítimas de violência, durante o mês de março registra que foram atendidas 42 pessoas no total, sendo 17 por agressões físicas, 16 pacientes com ferimentos por arma branca e outros nove feridos por armas de fogo.