Banner Inecardio
se agravando

Gerência de Saúde demonstra grande preocupação com baixo índice de isolamento social

Essa preocupação foi compartilhada entre gestores municipais de saúde na tarde desta segunda-feira 11, em uma reunião por vídeoconferência da CIR – Comissão Intergestores Regional

12/05/2020 19h47
Por: Ary Ramalho
Fonte: Por Marcos Nascimento
42
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O baixo índice de isolamento social registrado na Paraíba, a exemplo de Patos e região, inferior a 50%, quando o ideal é no mínimo 70%, como recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS), tem sido motivo de preocupação do Governo do Estado, a exemplo da 6ª Gerência de Saúde.

 

Segundo Fernanda Érica, gerente de saúde, a situação vem se agravando dia após dia e requer o máximo de adesão da população, que as pessoas só saiam de casa em necessidade extrema.

 

Essa preocupação foi compartilhada entre gestores municipais de saúde na tarde desta segunda-feira 11, em uma reunião por vídeoconferência da CIR – Comissão Intergestores Regional.

 

Dessa reunião também participaram os diretores do Complexo Hospitalar Regional Dep. Janduhy Carneiro e Maternidade Dr. Peregrino Filho e de toda a equipe da Gerência de apoio institucional, regional, epidemiologia, imunização e apoiador do COSEMS – Conselho de Secretarias Municipais de Saúde.

 

A pauta principal da reunião online foram  a Nota Técnica 004/GCC/CC,   os protocolos, fluxo do teste rápido para Covid-19, onde todos puderam alinhar conhecimentos e práticas nesse momento difícil decorrente da pandemia.

 

O diretor da Peregrino Filho, Humberto Junior, falou do fluxo de atendimento da Maternidade, referência para 60 municípios, e solicitou aos gestores, antes de encaminharem as gestantes de alto risco, fazer agendamento por email, uma forma, segundo ele, de proteger tanto os profissionais de saúde, quanto as pacientes.

 

A diretora do Complexo Hospitalar, Liliane Sena, considerou importante os municípios também receberem os testes rápidos para Covid-19. Informou sobre os pré-requisitos a serem seguidos para que o paciente tenha acesso ao teste, como agendamento, não possível a realização dos assintomáticos, pelo risco que eles podem vir a ter nesse deslocamento, exposição ao vírus, do referido município ao Complexo Hospitalar. Liliane também avisou aos gestores que em quinze dias os novos leitos de UTI estarão funcionando.

 

Socorro Guedes, coordenadora regional de imunização, fez um alerta sobre a Campanha Nacional contra Influenza, cuja terceira e última etapa teve início nesta segunda-feira 11, para que os trabalhos não venham a ser suspensos pelos municípios, mesmo com a pandemia do coronavírus.

 

Avisou também que um lote de doses já está disponível na Gerência a partir desta terça-feira 12 e destacou a necessidade dos municípios estarem bem organizados para essa ação de imunização, cujos públicos alvos são as gestantes, puérperas, pessoas com deficiência, crianças de seis meses e menores de seis anos.

 

Fernanda Érica, gerente regional de saúde, informou que novos testes rápidos estão prestes a chegarem para serem distribuídos com os municípios. Comentou sobre a criação do comitê regional de crise e sua importância: “Foi discutida a criação desse comitê, que terá representação de gestores, segurança pública, diretores, técnicos. Ele agilizará nas solicitações, nas demandas dos municípios junto ao Governo do Estado, nesse período em que todos sofrem pela pandemia”, explicou.

 

Ações da 6ª Gerência

 

Desde os primeiros casos de Covid-19 na Paraíba que todas as notas, recomendações, decretos estaduais foram publicados que a 6ª Gerência vem cumprindo à risca e trabalhando diuturnamente para que os municípios possam enfrentar com maior segurança os casos de coronavírus, cuja curva continua crescente, provocando pânico, sofrimento em boa parte da população.

 

As primeiras iniciativas em relação à Covid-19 na regional Patos foram a capacitação, treinamento de coordenadores da Atenção Básica, Vigilância em Saúde, coordenadores de epidemiologia, imunização, na realização da coleta para swab e para vacinação contra a Influenza.

 

A Gerência ampliou a parceria com a UEPB para distribuição de protetores faciais para os 24 municípios, Hospital Regional Janduhy Carneiro, Infantil Noaldo Leite, Maternidade Peregrino Filho, UPA Patos, Samu, Hemocentro, Hemonúcleo, funcionários da 6ª GRS, Hospital Sinhá Carneiro, de Santa Luzia, Hospital de Teixeira e de São Mamede.

 

Outra parceria foi fechada com uma equipe de saúde pública para vacinação contra gripe de todos que fazem a segurança pública em Patos e Rregião, do 3º BPM, PF, PC,  Bombeiros e STTrans.

 

A Gerência seguiu as normas de isolamento e reduziu o quadro de funcionários, alguns passaram a trabalha em home office. Para evitar aglomerações e apenas os serviços essenciais ficaram funcionando.

 

Visita técnica aconteceu à Secretaria Municipal de Saúde de Patos, com apoio tércnico e orientações. As reuniões vídeoconferências, para atualização de informações, passaram a ser adotadas, seguindo-se as recomendações sanitárias.

 

A 6ª Gerência coordenou a distribuição de testes rápidos, enviados pelo Ministério da Saúde e Governo do Estado, para os locais de referências da região, os quais serão distribuído assim que chegarem, aos municípios, que também receberam kits de EPIs.

 

A 6ª Gerência mobiliza gestores para encaminhar ofício solicitando 20 litros de álcool a 70% em parceria com o Ministério da Saúde-PB, na pessoa do Superintendente - Francisco Pereira de Lacerda Filho, para receberem como doação.