Banner Inecardio
São J. de Espinharas

Vereador propõe suspender cobrança de consignados para servidores municipais por 90 dias

Chiquinho Morais sai em defesa dos funcionários e sugere projeto que alivia financeiramente as famílias durante pandemia de coronavírus

21/05/2020 13h17
Por: Ary Ramalho
Fonte: Por Lúcio Cézar
29
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Pensando na situação do servidor e suas famílias, devido às circunstâncias de “Calamidade Pública” decretada pela Prefeitura Municipal, o vereador Chiquinho Morais (PSDB), protocolou nesta quinta-feira (05), Projeto de Lei que propõe a suspensão temporária do pagamento de empréstimos consignados contraídos por funcionários públicos municipais de São José de Espinharas.

A suspensão seria pelo prazo de 90 dias, podendo ser prorrogada por tempo indeterminado, de acordo com a situação causada pela pandemia do COVID-19 (Novo Coronavírus).  

 Conforme o parlamentar, diante das dificuldades existentes que passamos, a medida contribuirá para amenizar os efeitos econômicos negativos sobre os cidadãos, em razão do isolamento domiciliar.

“Estamos vivendo um momento muito preocupante, a maior crise de saúde publica de todos os tempos, e como consequência o povo está passando por grandes dificuldades econômicas. Temos muitos funcionários públicos que tem descontado em seus vencimentos parcelas de empréstimos, com essa suspensão estaremos dando à essas famílias um certo alívio financeiro, tendo em vista que muitos desses servidores ainda ajudam seus familiares com alimentos e remédios, quando muitos não estão podendo trabalhar. Precisamos fazer alguma coisa por essas pessoas”, declarou Chiquinho.

O parlamentar afirma ainda, que o projeto prevê o repasse das parcelas suspensas para o final do empréstimo, sem acréscimos de multas e juros, de forma que todos possam honrar seus compromissos sem se verem sufocados.

“Segundo o Governo Federal, será repassado para a prefeitura de São José quase MEIO MILHAO de reais para ajudar a população nas causas da Pandemia, e agora cabe ao prefeito, dentro das suas possibilidades, dar fôlego ao nosso povo”, finalizou o vereador.