Banner Cidade do Sol
ficou 30 dias

Enfermeira patoense dá á luz a quadrigêmeos

Shimeny e Manoel, pais dos quadrigêmeos, agora aguardam que os filhos saiam da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. A mãe deve ter alta ainda nesta sexta-feira (18)

19/09/2020 19h22
Por: Ary Ramalho
Fonte: Folha Patoense - G1
176
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Após 30 semanas de espera, a patoense Shimeny Lima, deu à luz aos filhos Ester, Leonardo, Davi e Beatriz, em João Pessoa. A mãe das crianças chegou a ficar 30 dias internada em um hospital particular da capital paraibana aguardando o nascimento dos filhos.

Shimeny e Manoel, pais dos quadrigêmeos, agora aguardam que os filhos saiam da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. A mãe deve ter alta ainda nesta sexta-feira (18).

“Vai ser triste sair sem eles, mas a gente sabe que eles vão ficar aqui sendo bem cuidados e a gente vai tá vindo pra cá todo dia, vendo eles todos os dias, e no dia que a gente puder levar eles pra casa vai ser nossa maior festa”, conta Shimeny.

Como nasceram de forma prematura, os bebês deverão ficar internados por mais algum tempo. Foram 30 semanas de gravidez sendo os últimos 30 dias com a gestante internada, por motivos de segurança.

 “Quando estava com 25 semanas, comecei a ter contrações. Era Ester, apressadinha, querendo nascer. Foi então que a minha médica decidiu que eu teria que ficar internada até o final da gestação, assim seria mais seguro para mim e para as crianças”, disse a mãe.

O parto aconteceu na noite de terça-feira (15), com a mobilização de pelo menos 12 profissionais, sendo duas obstetras e quatro pediatras.

“Graças a Deus ela tá super bem hoje e os bebês estão excelentemente assistidos”, disse o pai.

Shimeny, que é enfermeira, sempre sonhou em ser mãe. Ela já tem um filho de 7 anos, e o marido Manoel também tem um outro filho de 5 anos, ambos se chamam Rafael.

Na primeira gravidez, ela precisou de um procedimento específico, chamado indução de ovulação – feito quando a ovulação não acontece ou quando é ocasional e a mulher não consegue engravidar. Com 1 ano e meio de casados, eles resolveram engravidar novamente. Veja vídeo.

“Para engravidar do meu primeiro filho, eu tive que fazer a indução de ovulação. Desta segunda vez, também foi assim. Esperava, inclusive, que fossem dois, mas quatro crianças de uma só vez foi uma surpresa”, afirmou.