Banner Cidade do Sol
três vezes

Nabor Wanderley é o primeiro a se tornar prefeito de Patos três vezes pelo voto direto

Nabor dividia com Clóvis Sátiro e Sousa e Dinaldo Wanderley, a condição de ter vencido duas eleições pelo voto direto na cidade. O seu terceiro mandato foi concedido neste domingo, 15 de novembro, após receber o voto de 25.377 eleitores, contra 20.280 do Juiz Ramonilson Alves.

18/11/2020 10h05
Por: Ary Ramalho
Fonte: Blog do Ninja
28
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Ao vencer a eleição neste domingo, 15, Nabor Wanderley se tornou o primeiro prefeito a ser eleito por três vezes pelo voto direto na cidade de Patos.

Nabor dividia com Clóvis Sátiro e Sousa e Dinaldo Wanderley, a condição de ter vencido duas eleições pelo voto direto na cidade. O seu terceiro mandato foi concedido neste domingo, 15 de novembro, após receber o voto de 25.377 eleitores, contra 20.280 do Juiz Ramonilson Alves.

Ele foi eleito pela primeira vez no ano de 2004, quando recebeu 27.226 votos, vencendo a Dineudes Possidônio, que recebeu 21.123 votos.

Sua segunda vitória aconteceu em 2008, quando recebeu 30.774 votos e venceu a Socorro Marques, que recebeu 668 votos. Os 20.674 votos recebidos por Dinaldo Wanderley naquele ano, foram posteriormente anulados pela Justiça Eleitoral.

Por sua vez, o ex-prefeito Clóvis Sátiro foi eleito duas vezes pelo voto direto, mas continua sendo o único a ter quatro períodos administrativos a frente do município.

Ele venceu as eleições de 1935, contra Darcílio Wanderley e em 1947 contra José Afonso Gayoso, tendo recebido 3.453 votos na segunda eleição. A primeira, não há registro histórico do resultado.

Clóvis Sátiro também foi nomeado interventor em outras duas oportunidades. A primeira ocorreu em 1930, e a segunda em 1937.

Já Dinaldo Wanderley, foi eleito prefeito de Patos em 1996, com 19.577 votos. Ele venceu a Chica Motta, que terminou com 13.085 votos. Padre Jair Tomasella teve 3.829 votos e Fernando Formiga recebeu 257 votos.

No pleito de 2000, Dinaldo venceu a Nabor e foi reeleito com 27.967. Nabor recebeu 15.121 votos. Vital Henrique ficou em terceiro com 744 votos.