Banner Cidade do Sol
estava embriagado

Padre suspeito matar motociclista atropelado na PB é liberado

De acordo com a delegada Socorro, da cidade de Esperança, o padre se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas aparentava sinais de embriaguez.

18/11/2020 10h19
Por: Ary Ramalho
Fonte: Paraíba.com.br
34
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O padre preso em flagrante no domingo (15) após atropelar e matar um motociclista e ferir outro, na BR-104, em Esperança, no Agreste paraibano, foi liberado nessa terça-feira (17).

De acordo com a delegada Socorro, da cidade de Esperança, o padre se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas aparentava sinais de embriaguez. Ele confessou para os policiais que havia bebido durante todo o dia de domingo em uma granja na cidade e se envolveu no acidente na saída para Campina Grande.

Um homem de 58 anos, que estava em uma motocicleta, morreu na hora e outro de 42 anos, que estava em outra motocicleta, foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, e segue internado em estado estável.

O padre foi preso em flagrante por homicídio culposo e lesão corporal. Pelo fato de o homicídio não ser passível de fiança, e o agravante de ele estar embriagado, o suspeito precisou aguardar decisão da justiça que concedeu liberdade provisória.

O suspeito, que já foi pároco da cidade de Esperança, foi liberado da carceragem e passou apenas um dia detido.