Banner Cidade do Sol
diminuição

Crimes contra agências bancárias caem pelo quinto ano consecutivo na PB

Tipo de ocorrência mais frequente em 2020 foi novamente as explosões contra caixas eletrônicos, que responderam por 11 dos casos

03/01/2021 13h37
Por: Ary Ramalho
Fonte: G1-PB
25
Foto - Reprodução
Foto - Reprodução

 

A Paraíba registrou em 2020 um total de 17 casos de crimes contra agências bancárias, que aconteceram em 12 municípios diferentes. O número é 22,73% menor do que o registrado em 2019, quando foram 22 ocorrências. Na verdade, esse é o quinto ano consecutivo em que os anos caem.

O tipo de ocorrência mais frequente em 2020 foi novamente as explosões contra as agências, que responderam por 11 dos casos. Tiveram ainda quatro arrombamentos e duas tentativas de assalto.

Outrora um crime frequente no estado, não houve registro de casos de saidinha de banco em 2020 na Paraíba.

Com relação aos bancos, o mais afetado foi o Bradesco, já que sete dos incidentes foram em agências da rede. Seguido de perto, o Banco do Brasil, com seis.

Já sobre as cidades, houve crimes a bancos em João Pessoa (4), Piancó (2), Areia (2), Aparecida, Remígio, Nazarezinho, Jericó, Triunfo, Coremas, Pilões, Conde e Campina Grande.

Roubos em baixa

Os crimes contra bancos estão diminuindo na Paraíba. Em 2020, foi o quinto ano consecutivo de diminuição.

O ano mais violento neste sentido foi justamente 2015, quando foram registrados 132 casos. Naquele ano foram 76 explosões. De lá para cá, os números diminuíram ano a ano: 105 em 2016, 81 em 2017, 66 em 2018, 22 em 2019 e os 17 de 2020.