Centro Educacional Ágape
Operação Previna-se

Quase 40 procedimentos de violência contra a mulher são instaurados durante carnaval na Paraíba

Violência contra a mulher também esteve entre os crimes cometidos durante o carnaval .

19/02/2021 11h00
Por: Ary Ramalho
Fonte: G1-PB
25
Foto - Reprodução
Foto - Reprodução

 

Ao todo, 39 procedimentos relacionados a violência contra a mulher foram instaurados durante o período do carnaval, na Paraíba. Os dados são da Operação Previna-se, da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, integrada com outros órgãos. O balanço da operação ainda mostra que 47 medidas protetivas foram confeccionadas entre a última sexta-feira (12) e quarta-feira (17).

Além disso, 18 bares e outros estabelecimentos foram notificados ou fechados com apoio da Polícia Militar, em João Pessoa. Mais de 3 mil profissionais trabalharam no combate ao crime e também às aglomerações, para evitar a proliferação do novo coronavírus, de forma integrada com a Vigilância Sanitária, Procon, Guardas Municipais e Sudema.

Todos os bares e estabelecimentos fechados ou notificados descumpriram medidas sanitárias estabelecidas em decretos estaduais. As multas aplicadas chegam a quase R$ 45 mil por poluição sonora. Foram 11 autos de infração e 7 aparelhos de som apreendidos.

O número de mandados de prisão cumpridos dobrou em relação ao carnaval do ano passado. Foram 14 este ano contra 7 cumpridos no período de 21 a 25 de fevereiro de 2020. Ao todo, 216 pessoas foram conduzidas até as delegacias por vários tipos de crime, com destaque para a prisão do suspeito de liderar o tráfico na comunidade Torre de Babel, no bairro do Valentina, na zona sul de João Pessoa. Também foram apreendidas 47 armas de fogo em todo o estado. Esse número representa um aumento de 88% em relação ao período do carnaval do ano passado. Foram recuperados, ainda, 32 veículos com registros de roubos.

Nas delegacias de Polícia Civil foram instaurados 150 procedimentos entre flagrantes, inquéritos por portaria, procedimentos especiais de menor infrator e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO). O total de Boletins de Ocorrências registrados foi de 394 presencialmente e 1013 na modalidade on-line.

O Corpo de Bombeiros, que empregou operacionalmente homens e mulheres nas diversas áreas de atuação da instituição em todo território paraibano, realizou 2.425 atendimentos entre emergência e ações de prevenção. Não foi registrado nenhuma morte por afogamento, bem como acidente de trânsito grave.

De acordo com os números do Núcleo e Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria de Estado de Segurança e da Defesa Social (Sesds), o período (sexta a terça-feira) deste ano foi o terceiro melhor dos últimos dez anos, no que se refere à redução de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que são os homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte.

 

Cred Fácil - Patos
Viva Construtora
Netzonesistemas
Cred Fácil - Patos 1
Store
Municípios
Banner Camila Feitosa
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio