Quarta, 04 de Agosto de 2021
83 9-8166-7186
Polícia em sua residência

Suspeito do assalto ao prefeito de Santa Terezinha já estava preso

O caso ocorreu no amanhecer do dia 08 de novembro de 2020, domingo, oito dias antes das eleições municipais, em Santa Terezinha, Região Metropolitana de Patos.

06/03/2021 12h00
124
Por: Ary Ramalho Fonte: TV Contexto
Foto - Reprodução
Foto - Reprodução

 

A Polícia Civil da Paraíba através da Delegacia de Roubos e Furtos de Patos-DRF/NUCAB, iniciou a busca para cumprir o mandado de prisão para um homem de iniciais O. Y. F. L, na tarde desta quinta-feira, 04/03, porém o suspeito já estava preso por outros crimes.

O mandado se refere ao assalto e espancamento ocorrido na residência do atual Prefeito de Santa Terezinha, Arimateia Camboim, oito dias antes das eleições municipais. Cinco homens invadiram a casa, renderam a família e espancaram o na época candidato à prefeito.

O caso ocorreu no amanhecer do dia 08 de novembro de 2020, domingo, oito dias antes das eleições municipais, em Santa Terezinha, Região Metropolitana de Patos.

Cinco homens armados, chegaram num veículo branco, na fazenda de propriedade da vítima, na época candidato a prefeito, anunciaram o assalto e o espancaram brutalmente.

A ação aconteceu na fazenda do candidato, que fica localizada na zona rural do município. Toda a família foi rendida e trancada na casa principal da fazenda. De acordo com a esposa de Arimateia, os assaltantes estavam atrás de um suposto relógio avaliado em R$ 50 mil reais.

CLIQUE PARA RELEMBRAR O CASO

Os bandidos levaram joias, relógios e uma quantia em dinheiro. Após quatro meses de investigação, a Polícia Civil conseguiu chegar ao principal suspeito e articulador do crime.

Segundo o delegado Renato Leite, as investigações prosseguem para prender os demais envolvidos. O investigado que foi identificado, teve o mandado de prisão cumprido, mesmo já se encontrando no presídio de Patos, vez que foi preso pela equipe da DRF/NUCAB, em janeiro de 2021, por outros crimes.

O nome e identidade foram omitidos em respeito a legislação vigente e para não interferir nas investigações.

A população pode colaborar com o trabalho da Polícia Civil através do disque-denúncia. A ligação é gratuita e o anonimato é garantido.

 

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias