Centro Educacional Ágape
pandemia da Covid-19

Planejamento sucessório sobre bens imóveis é potencializado pela Covid-19

Isso tem feito com que muitos patriarcas e matriarcas, apreensivos com seus falecimentos e preocupados com seus entes queridos, atentem para algo até então não muito comum: o Planejamento sucessório sobre bens imóveis.

30/03/2021 17h11
Por: Ary Ramalho
Fonte: Por Cândido Nóbrega
29
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O advento da pandemia da Covid-19, há pouco mais de um ano e o seu recrudescimento, há poucos meses, provocaram uma série de mudanças nas vidas das pessoas, além de um lamentável e crescente número de casos e de óbitos. Isso tem feito com que muitos patriarcas e matriarcas, apreensivos com seus falecimentos e preocupados com seus entes queridos, atentem para algo até então não muito comum: o Planejamento sucessório sobre bens imóveis.

No Programa Tambaú Imóveis e Negócios do próximo sábado(3), os advogados especialistas no Direito Civil e Sucessório Gabriel Honorato e Dimitre Soares explicarão, durante entrevista, quais são e como podem ser utilizadas as ferramentas no referido Planejamento, a exemplo da doação, testamento, renúncia, criação de Pessoas Jurídicas e ações, constituição de Holding familiar com bens e negócios da família, declarações de vontade dos familiares, offshores e outras estruturas.

Vantagens

Algumas das vantagens destas opções são acautelar as divergências familiares, facilitando a posição dos herdeiros e diminuir ou evitar os custos de um futuro inventário, sem perda de tempo e dinheiro. Num processo de inventário judicial, por exemplo, além da longa duração devido à sobrecarga do Poder Judiciário, o patrimônio ainda sofrerá reavaliação a preço de mercado para tributação final.

Nesse contexto, tudo depende da composição patrimonial daquela família, da estrutura familiar, da vontade do patriarca ou matriarca e da própria relação pessoal existente entre os membros da família.

É possível, portanto, planejar boas estratégias e executar meios para proteção legal dos bens e para economia de tributos, através do planejamento sucessório, por intermédio de especialistas e com base na legislação vigente, para obtenção de economia, sustentabilidade dos bens e concretização da vontade de seus donos.

Vale destacar que o objetivo do Planejamento não deve ser sonegar impostos, frustrar a herança de algum descendente ou esconder patrimônio, mas sim buscar a melhor estratégia de organização patrimonial para garantir, de forma econômica, a harmonia entre os herdeiros; diminuir a carga de despesas e impostos; proteger o patrimônio e garantir a vontade dos seus donos.

Sobre Tambaú Imóveis e Negócios

Apresentado pelo jornalista e também advogado, Rômulo Soares, o Programa, que vai ao ar às 9h pela TV Tambaú/SBT e pelo site www.portalt5.com.br, conta com o apoio do Sistema Cofeci-Creci, Fatto Capital e das construtoras Mais, Alliance, MRV e Litoral, bem como das imobiliárias Tarcísio Galdino, Zona Sul, Jampa, M Hollanda e FK Imóveis.

Já o quadro “Momento Imobiliário”, sempre traz uma importante dica para o setor da Construção Civil. Uma novidade é o quadro “Momento Econômico” apresentado pela Agente de Investimentos, Cristina Atalla da Fatto Capital. Os telespectadores podem participar pelo WhatsApp (83)99854-2857.

Conta com o apoio do Sistema Cofeci-Creci, Fatto Capital e das construtoras Mais, Alliance, MRV e Litoral, bem como das imobiliárias Tarcísio Galdino, Zona Sul, Jampa, M Hollanda e FK Imóveis.

Já o quadro “Momento Imobiliário”, sempre traz uma importante dica para o setor da Construção Civil. Uma novidade é o quadro “Momento Econômico” apresentado pela Agente de Investimentos, Cristina Atalla da Fatto Capital. Os telespectadores podem participar pelo WhatsApp (83)99854-2857.