Quinta, 02 de Dezembro de 2021
83 9-8166-7186
Esportes escapou da queda

Sousa vence Nacional de Patos, assegura liderança e Naça evita queda

Com um caminhão de oportunidades desperdiçadas, o Dinossauro marcou no fim com Juninho, venceu por 1 a 0, e manteve sua liderança. Beneficiado pelo empate da Perilima com o São Paulo Crystal, o Naça escapou da queda.

24/05/2021 06h28
64
Por: Ary Ramalho Fonte: Voz da Torcida
Foto - Reprodução
Foto - Reprodução

Sousa e Nacional de Patos fizeram um jogo de ataque contra defesa pela sétima rodada do Campeonato Paraibano, a última da primeira fase, na noite deste domingo (23), no estádio Marizão. Com um caminhão de oportunidades desperdiçadas, o Dinossauro marcou no fim com Juninho, venceu por 1 a 0, e manteve sua liderança. Beneficiado pelo empate da Perilima com o São Paulo Crystal, o Naça escapou da queda.

A pressão começou logo cedo. O Sousa fez uma trama espetacular aos 15 minutos. Juninho acionou Natalício, que deu passe cinco estrelas para Dentinho entrar na área cara a cara com Camilo. O atacante tocou no canto direito do arqueiro, que fez uma defesa espetacular, desviando a bola para a linha de fundo.

A equipe patoense parecia um sparring, que estava lá para treinar o time adversário. Sem criar nada, pouco mostrava resistência, e os donos da casa chegavam com muita facilidade, mas desperdiçavam as oportunidades.

Perto do fim do primeiro tempo, aos 41, novo duelo de Dentinho e Camilo. Mais uma vez o atacante recebeu dentro da área, desta vez após cruzamento vindo da esquerda, e bateu de direita, de primeira, mas o goleiro nacionalino fechou o ângulo e fez boa defesa.

Segundo tempo

O Nacional chegou a balançar as redes aos 16 minutos. Após cobrança de escanteio, Yuri desviou para as redes, mas a bola bateu no braço do defensor, e a arbitragem anulou o tento.

Na jogada seguinte, outro duelo entre Dentinho e Camilo. Entrando na área pela direita, só com o goleiro pela frente, o atacante bateu de direita, mas o arqueifo foi esperto e mais uma vez interveio precisamente para evitar a abertura do placar.

Aos 19 minutos, o Naça ficou com um a menos. Natalício recebeu por trás da defesa na intermediária e ia livre para a cara do gol, mas Arlan o puxou pela camisa na meia-lua da grande área e acabou recebendo o cartão vermelho direto.

Na cobrança da falta, Juninho mandou no ângulo direito de Camilo, que foi buscar e operou um milagre para salvar o Canário.

Quando o jogo parecia ficar no 0 a 0, Juninho tirou um coelho da cartola e, aos 45 minutos, soltou a bomba de longe. A bola ainda tocou na trave para deixar o gol ainda mais bonito, e colocar o Dinossauro do Sertão na liderança da primeira fase.

Com a vitória por a 0, o Sousa se manteve na liderança da primeira fase, com 16 pontos, e aguarda o adversário na semifinais, que sairá do mata-mata entre Treze x São Paulo Crystal. O Nacional de Patos ficou na sétima colocação e, sem vencer no torneio, chegando aos 4 pontos, evitou o rebaixamento.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias