Banner Inecardio
celeridade

Jovem cobra de Hugo Motta rapidez na criação da Universidade Federal do Sertão da Paraíba

No projeto de autoria do parlamentar, Patos está definida com a sede da reitoria

04/06/2019 19h44
Por: Ary Ramalho
Fonte: Vale das Espinharas
122
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O estudante Pedro Jorge Nunes da Costa, de 24 anos, está cobrando do deputado federal Hugo Motta (PRB) celeridade no Projeto de Lei nº 1491/2011, que cria a Universidade Federal do Sertão da Paraíba a partir da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). No projeto de autoria do parlamentar, Patos está definida com a sede da reitoria.

Segundo o jovem, no último sábado (01), o projeto completou 8 anos na Câmara dos Deputados desde a apresentação. "A tramitação continua rolando, mas desde 2011 o projeto anda devagar nas comissões", disse. Atualmente o projeto aguarda parecer do relator, o deputado federal Hildo Rocha, (MDB-MA), na Comissão de Finanças e Tributação (CFT).

 

Pedro também chama atenção de Hugo na apresentação de um projeto em relação a criação do Instituto Federal do Sertão Paraibano (IFSPB) a partir do Instituto Federal da Paraíba (IFPB). "Existe um risco de Patos ser golpeada por Sousa ou Cajazeiras, já que o deputado federal Wilson Santiago apresentou o PL 3057/2019, pedindo a criação e definindo um dos municípios como sede da reitoria", lembrou. O Instituto Federal do Sertão Paraibano é uma ideia do estudante e agregaria os campi sertanejos do IFPB na Paraíba, tais como Patos, Sousa, Cajazeiras e Princesa Isabel. "Nossa intenção é agregar dez campi: Cajazeiras, Catolé do Rocha, Itaporanga, Monteiro, Patos, Picuí, Princesa Isabel, Soledade, Santa Luzia e Sousa. A interiorização do ensino é necessária para facilitar o desenvolvimento do Sertão Paraibano em vários aspectos, como na redução de longas distâncias e na fixação de mão de obra", completou .

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias