Segunda, 27 de Setembro de 2021
83 9-8166-7186
Geral Setembro Amarelo

Hospital de Patos realiza ação alusiva ao Dia Mundial para Prevenção do Suicídio

A ação, realizada na recepção do Hospital do Bem, na manhã desta quinta-feira (9), foi planejada pelo setor de Psicologia e Serviço Social, com apoio da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar e do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital.

10/09/2021 06h33
35
Por: Ary Ramalho Fonte: News Comuicação
Foto Divulgação
Foto Divulgação

Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 800 mil pessoas cometem suicídio do mundo. No Brasil, aproximadamente 13 mil pessoas morrem por suicídio por ano. Uma pessoa morre a cada 40 segundos por suicídio no mundo e essa é a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos. Portanto, o tema Saúde Mental, muito bem trabalhado durante o Setembro Amarelo, é uma assunto que precisa ser discutido e debatido por toda a sociedade. Na véspera do Dia Mundial para Prevenção do Suicídio, comemorado em 10 de setembro, o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) realizou uma ação para chamar atenção sobre essa questão e divulgar as atividades propostas pela Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, para o Setembro Amarelo deste ano. O Hospital de Patos é referência no sertão para casos de Psiquiatria, tanto que tem leitos para casos psiquiátricos.

 

A ação, realizada na recepção do Hospital do Bem, na manhã desta quinta-feira (9), foi planejada pelo setor de Psicologia e Serviço Social, com apoio da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar e do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital. "A campanha do Setembro Amarelo é um marco para trazermos o assunto à tona e a divulgação desta campanha é de suma importância para ajudarmos na prevenção e orientação da população sobre como ajudar alguém que passa por algum sofrimento psicológico que pode acarretar o suicídio e, principalmente, sobre como e onde procurar ajuda. A doença mental tem tratamento, controle e com o devido acompanhamento, as pessoas têm sua qualidade de vida de volta", afirma à psicóloga, Pryscilla Guedes.

 

Na ação realizada nesta quinta-feira, foram distribuídos informativos sobre a campanha de 2021 e também broches alusivos ao tema para pacientes, acompanhantes e colaboradores da unidade e ainda aconteceu uma Roda de Conversa. Houve ainda um momento musical com a participação da psicóloga, Jecyane Ertha e do Fisioterapeuta, Hudlesson Geyne.

 

A coordenadora do Serviço Social do Complexo, Suênia Mota, reiterou a importância das pessoas debaterem a temática suicídio sem preconceitos ou julgamentos. "Essa não é uma questão que deva ser tratada com superficialidade, dada à complexidade que envolve um suicídio ou tentativa de suicido, principalmente, porque toda morte é uma tragédia para a família, amigos e colegas e desta forma é mais ainda", lembra Suênia.

 

E quem participou da ação pôde ainda ler recadinhos de valorização da vida num quadro de mensagens, especialmente, confeccionado para a ocasião. "Fizemos as mensagens e colocamos à disposição das pessoas presentes para que elas distribuíssem os recadinhos para quem elas desejarem", destacou Suênia.

 

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias