Quarta, 26 de Janeiro de 2022
83 9-8166-7186
Geral variante

Graças à vacinação, proporção de mortes não é a mesma de antes, mesmo com aumento de casos, diz secretário

Medeiros lembrou ainda que a população tem relaxado nas medidas de saúde como o uso de máscara e o distanciamento social.

10/01/2022 08h57
Por: Ary Ramalho Fonte: Portal Paraíba
Reprodução
Reprodução

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, afirmou que apesar do número de casos de covid-19 estarem aumentando a proporcionalidade de mortes não é a mesma de antigamente. “A população está em estágio avançado de vacinação, mas a variante [ômicron] contamina muitas pessoas e consequentemente teremos um número maior de óbitos”, disse.

De acordo com o secretário, a preocupação com a ômicron não é só da Paraíba, mas sim do Brasil inteiro, que já está em transmissão comunitária na maioria dos estados. “Temos um caso comprovado na Paraíba e a transmissão comunitária de 15 a 20 dias após a chegada ao estado”, comentou.

Medeiros lembrou ainda que a população tem relaxado nas medidas de saúde como o uso de máscara e o distanciamento social.

 

 

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias