Quarta, 26 de Janeiro de 2022
83 9-8166-7186
Geral próximo dia 18

Mais de 600 mil famílias da PB vão receber o Auxílio Brasil em janeiro, diz Ministério da Cidadania

Em relação ao mês de dezembro do ano passado, houve um aumento de 15,84% de famílias do estado cadastradas no programa, passando de 519.007 para 601.768.

12/01/2022 17h40
Por: Ary Ramalho Fonte: GE-PB
Reprodução
Reprodução

Ao todo, 601.768 famílias paraibanas vão receber o Auxílio Brasil em janeiro de 2022, segundo dados divulgados pelo Ministério da Cidadania, nesta quarta-feira (12). Os pagamentos do benefício começam no próximo dia 18.

Em relação ao mês de dezembro do ano passado, houve um aumento de 15,84% de famílias do estado cadastradas no programa, passando de 519.007 para 601.768.

O estado é o nono do país em número de beneficiados, ficando atrás apenas de São Paulo, Bahia, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ceará, Pará e Maranhão.

Já na região Nordeste, a Paraíba fica atrás da Bahia, Pernambuco, Ceará e Maranhão, na quantidade de famílias cadastradas (veja na tabela abaixo os dados dos noves estados nordestinos).

Famílias cadastras no Auxílio Brasil por estado do Nordeste

Estado Famílias beneficiadas
Alagoas 475.596
Bahia 2.168.542
Ceará 1.278.579
Maranhão 1.089.195
Paraiba 601.768
Pernambuco 1.399.643
Piauí 530.885
Rio Grande do Norte 428.780
Sergipe 338.761

Fonte: Ministério da Cidadania

O investimento total para os pagamentos em todo o país passa de R$ 7,1 bilhões. O Nordeste é a região com mais beneficiários atendidos, 8,31 milhões, que correspondem a 47% do total.

Calendário de pagamentos do Auxílio Brasil em 2022 — Foto: Divulgação

Calendário de pagamentos do Auxílio Brasil em 2022 — Foto: Divulgação

Programa social substitui Bolsa Família após 18 anos

Os pagamentos do Auxílio Brasil começaram em 17 de novembro, mesmo dia em que o governo liberou a última parcela do auxílio emergencial, instituído em razão da pandemia de Covid-19. Em dezembro, o governo federal começou a pagar a todos os beneficiários um valor mínimo de R$ 400.

Um decreto assinado pelo presidente Bolsonaro prorrogou até dezembro de 2022 o chamado “Benefício Extraordinário”, que assegura o valor mínimo de R$ 400 por família atendida pelo programa de transferência de renda. O pagamento retroativo a novembro, promessa do governo, não acontecerá.

Os benefícios são pagos por meio da conta poupança social ou por contas-correntes regulares. Quem for inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) pode abrir, de forma automática, uma conta do tipo poupança social digital para receber o pagamento.

Canais de atendimento

Em caso de dúvidas sobre o Auxílio brasil, o governo oferece 3 canais de atendimento:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias