Quarta, 26 de Janeiro de 2022
83 9-8166-7186
Política busca de apoios

Lígia Feliciano assume candidatura ao Governo e nega migração de Damião ao PT

Confirmou sua pré-candidatura ao Governo do Estado de acordo com a recomendação da direção nacional do PDT e adiantou que o lançamento oficial deve acontecer no próximo mês.

13/01/2022 20h03
Por: Ary Ramalho Fonte: ParlamentoPB
Reprodução
Reprodução

A vice-governadora da Paraíba não deixou dúvidas hoje de manhã durante entrevista à Rádio BandNews Manaíra de João Pessoa. Confirmou sua pré-candidatura ao Governo do Estado de acordo com a recomendação da direção nacional do PDT e adiantou que o lançamento oficial deve acontecer no próximo mês. O comunicado da decisão ao governador João Azevêdo (Cidadania) teria sido feito ainda em dezembro, quando foi convidada pela instância nacional pedetista para a disputa e aceitou. Naquela mesma ocasião, ela entregou o cargo que o filho, Gustavo Feliciano, ocupava como secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico do Estado. “Tivemos uma relação respeitosa neste três anos. Eu agradeci a ele e entreguei o cargo. Fui eleita vice-governadora e vou cumprir meu mandato e minhas obrigações institucionais até o fim. Politicamente, João segue o caminho dele e eu, o meu”, disse.

Lígia confirmou que tem conversado com lideranças de partidos de esquerda em busca de apoios para sua candidatura. Entre eles estão o PT, o PCdoB, PV e PSB. Ela, contudo, desconversou quando foi perguntada sobre as especulações de que o marido, deputado federal Damião Feliciano estaria disposto a trocar o PDT pelo PT. “Ele é candidato à reeleição e estamos construindo dentro do PDT uma forma dele continuar no partido. É esse o nosso objetivo”.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias