Quinta, 02 de Dezembro de 2021
83 9-8166-7186
Política OPERAÇÃO CALVÁRIO

Silêncio do Gaeco desde a prisão de Laura leva malfeitores desafiarem investigadores

Bastidores

28/06/2019 12h45 Atualizada há 2 anos
402
Por: Ary Ramalho Fonte: Hélder Moura
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Blog recebeu informação, nas últimas horas, indicando que malfeitores envolvidos no escândalo da Cruz Vermelha gaúcha e Ipcep, um esquema criminoso desbaratado pela Operação Calvário, vêm comemorando, nos bastidores, o silêncio dos integrantes da força tarefa, desde a última fase da operação que levou Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro à prisão.

O Gaeco (Ministério Público) desde então, não tem se pronunciado, apesar das informações de bastidores indicarem que Maria Laura já constituiu advogado especialmente para formalizar sua delação, inclusive com revelações bombásticas. Ela teria detalhes da organização criminosa, além dos nomes de figurões que, até o momento, vinham se mantendo à salvo e nas sombras.

Segundo informações de conhecimento do Blog, alguns desses figurões, até para demonstrar que não receiam pelas investigações, foram vistos nos festejos juninos, alguns deles levemente descaracterizados, mas circulando livremente. A ideia seria passar a impressão para a opinião pública de normalidade, quase um desafio ao trabalho dos investigadores da força tarefa.

O que está contribuindo para essa estratégia é, obviamente, o silêncio do Gaeco. Apesar de que, até onde o Blog pode apurar, as investigações seguem firmes, talvez não exatamente com a velocidade pretendida. Mas, seguem. Outro detalhe é que alguns contrários à Operação Calvário, aparentemente, apostam no processo eleitoral ora em curso no Ministério Público.

Como o próximo procurador-geral será nomeado por João Azevedo, a partir de uma lista tríplice, talvez os malfeitores estejam apostando que o governador irá se deixar influenciar, e operar para impor um nome que não seja exatamente simpático às investigações.

Herder Moura
Sobre Herder Moura
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias