Banner Inecardio
no Frasqueirão

Wallyson reestreia com gol, ABC vence e entrega lanterna para o Treze

time paraibano na última posição graças ao saldo de gols

07/07/2019 10h07
Por: Ary Ramalho
Fonte: GE/PB
72
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O ABC não sabia o que era vencer na Série C desde a estreia na competição, no dia 28 de abril, quando bateu o Náutico. Neste sábado, fez as pazes com a torcida e bateu o Treze por 2 a 0, de forma merecida. Os 12 mil torcedores que foram ao Frasqueirão também puderam ver a reestreia de Wallyson e o ídolo alvinegro não decepcionou, marcando o segundo gol da vitória.

Ainda na zona de rebaixamento, mas na nona colocação, o ABC agora soma nove pontos, mesma pontuação do Treze, que caiu para a lanterna do Grupo A. A diferença é que o time de Natal tem melhor saldo de gols.

O ABC volta a campo na próxima sexta-feira, diante do Confiança, novamente no Frasqueirão. O jogo está marcado para 20h. O Treze no joga no domingo, dia 14, no Amigão, contra o Imperatriz.

O jogo começou em ritmo acelerado e a primeira chance foi do Treze. Eduardo serviu Silva, que entrou livre na área, mas parou no goleiro Saulo. Pouco depois, Ivan cobrou falta e Joécio desviou para abrir o placar para os donos da casa. Ivan, em nova falta, tentou surpreender Mauro, mas o goleiro do Treze estava atento. O time paraibano não sentiu muito e chegou a ter o controle do primeiro tempo. Em cobrança de falta de Silva, Eduardo desviou de cabeça para trás e quase empatou. O ABC apostou nos contra-ataques e, quando conseguiu encaixar a jogada, Dione deixou a bola escapar na hora do arremate.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Roberto Fernandes promoveu o retorno do volante Felipe Guedes no lugar do atacante Moisés, que havia tomado o cartão amarelo, e ganhou o meio-campo. O Treze caiu de produção e só conseguia chegar bem nas bolas paradas. Tito teve duas chances de ampliar para o ABC, mas não foi feliz na conclusão. A torcida, então, pediu Wallyson e Roberto Fernandes atendeu. No primeiro bom lance, o camisa 11 serviu Jefinho, que acertou o travessão. Aos 43, Wallyson recebeu de Tito e não perdoou, explodindo o Frasqueirão.

Os torcedores do ABC atenderam o pedido da diretoria e dos jogadores e foram em bom número ao Frasqueirão. O problema é que a maior parte do público tem acesso apenas pelo portão C, o que causou tumulto. Teve torcedor que ficou mais de uma hora na fila, e outros que só entraram com 20 minutos de jogo. Durante a partida, o sistema de som do estádio também alertou sobre o fluxo dos torcedores, já que alguns ficaram travando os acessos aos módulos 2 e 3. No fim, foi divulgada a presença de 12.025 torcedores, sendo 7.821 pagantes, 3.146 sócios, 980 do Nota Potiguar e 78 gratuidades. A renda foi de R$ 82.735.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários