Sábado, 28 de Maio de 2022
83 9-8166-7186
Geral apoiando

Fetronor apoia ações do Maio Amarelo 2022

Com isso, a campanha propõe uma reflexão e uma mudança de comportamento em busca de uma vida melhor, mais justa e mais segura para todos.

10/05/2022 19h25
Por: Ary Ramalho Fonte: Por Cândido Nóbrega
Assessoria
Assessoria

A Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste – FETRONOR está apoiando as ações do Maio Amarelo 2022. Neste ano, a campanha “Juntos Salvamos Vidas” tem o propósito de alertar a sociedade que tudo o que fizermos pode salvar ou colocar uma vida em risco. Com isso, a campanha propõe uma reflexão e uma mudança de comportamento em busca de uma vida melhor, mais justa e mais segura para todos.

Essa é a nona edição da campanha Maio Amarelo, idealizada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, que conta com apoio central da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e do SEST SENAT. A FETRONOR é a federação responsável pelo SEST SENAT nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, e vai coordenar e executar as ações da campanha nos dois estados.

Entre os dias 9 e 22 de maio, os profissionais do SEST SENAT estarão em pontos dos dois estados, levando conscientização e orientações sobre o papel de cada um para a construção de um trânsito mais seguro. Os locais da mobilização serão divulgados em breve. Neste ano, a campanha busca destacar que, independentemente da profissão, juntos, todos podem salvar vidas no trânsito, diante da consciência de se fazer o certo, seguir a legislação e ser prudente seja guiando um automóvel, seja como pedestre.

Dados importantes

Um relatório feito pelo Observatório Nacional de Segurança Viária mostra a importância de reforçar as ações do Maio Amarelo. Os dados revelam o aumento do número de mortes no trânsito, em 2020, em 17 estados brasileiros.

Segundo o relatório, os números definitivos de mortalidade no trânsito, publicados pelo DataSUS (Ministério da Saúde), mostram que, em 2020, 32.716 pessoas perderam a vida em ocorrências de trânsito. Já em 2019, esse número foi de 31.945 óbitos. É importante lembrar que, em 2020, foi o primeiro ano da pandemia da covid-19 e foi quando tiveram início as restrições de circulação no país e no mundo. Para efeito de comparação, a maior parcela das mortes ainda ocorre para ocupantes de motocicletas (36,7%) e de automóveis (21,4%), que, somados, são quase 60% do total.

Outro dado preocupante e que reforça a necessidade de conscientização dos motoristas é em relação aos acidentes em rodovias. Segundo dados compilados pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), o índice de acidentes nas rodovias federais brasileiras aumentou 1,6% em 2021, em relação a 2020. Foram mais de 64 mil ocorrências. A mesma situação ocorreu com as mortes, que cresceram 2,0%, chegando a 5.300 vidas perdidas, no ano passado.

Responsabilidade social

A segurança no trânsito sempre pautou a atuação do Sistema CNT. Nos cursos do SEST SENAT, por exemplo, os motoristas são treinados para que tenham previsibilidade nas situações adversas que encontrarão nas vias do país. Uma dessas iniciativas é a utilização de simuladores híbridos de direção para ônibus, caminhão e carreta. O equipamento oferece um ambiente multissensorial que reproduz seis cenários e 24 tipos diferentes de veículos, em que o motorista é imerso em práticas simuladas que reproduzem diferentes interferências no trânsito. São situações que, no ambiente real, colocariam o condutor de caminhão, carreta ou ônibus em risco.

O simulador de direção está presente em mais de 130 unidades do SEST SENAT no Brasil. As capacitações têm um padrão de qualidade nacional; e a tecnologia permite que o treinamento seja adequado às diferentes realidades do setor transportador por todo o país. Entre os alunos capacitados com o simulador, 89,6% afirmam que a ferramenta auxiliou para uma prática de direção mais segura e eficiente.

Há também uma preocupação com a saúde desses profissionais e a consciência de que a segurança no trânsito depende, dentre outros elementos, de motoristas saudáveis e bem treinados. Isso ocorre porque 8,3% das ocorrências registradas em rodovias federais, de 2010 a 2020, podem ser associados a questões de saúde dos motoristas, como sono, mal súbito ou ingestão de álcool e outras drogas.

Nesse sentido, o SEST SENAT disponibiliza atendimentos gratuitos de saúde para os motoristas profissionais, que atuam no transporte de cargas e de passageiros de todo o país. Nas 159 unidades em funcionamento, são oferecidos atendimentos de odontologia, fisioterapia, nutrição e psicologia. Esses três últimos, nas modalidades presencial e online.

Veja aqui como ter acesso aos serviços do SEST SENAT.

O Sistema CNT desenvolve ainda estudos técnicos e, a partir deles, atua junto ao Poder Público, para que se aprimorem a infraestrutura rodoviária e o ambiente regulatório, a fim de promover mais segurança no trânsito brasileiro.

Conheça aqui os trabalhos técnicos da Confederação.

Rede de apoio

Para que o tema da ação seja colocado em prática e se torne uma realidade, a participação de toda a sociedade é fundamental. Por isso, as peças da campanha estão disponíveis para empresas e instituições que queiram aderir ao movimento.

Qualquer empresa, entidade ou órgão público poderá inserir sua logomarca nas peças e utilizá-las gratuitamente.

Clique aqui para ter acesso ao material: https://bit.ly/maio-amarelo-2022

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias